pintores argentinos

7 pintores argentinos que todo apaixonado por arte deve conhecer

É até um pouco injusto fazer uma lista com os maiores pintores argentinos da história, uma vez que milhares de artistas dessa nacionalidade produziram trabalhos impecáveis, tanto do ponto de vista técnico como no sentido estético e vanguardista. 

Aliando versatilidade, inovação e transitando entre retratos e produções surrealistas e cinéticas de tirar o fôlego, não são poucos os artistas argentinos que esbanjaram talento no decorrer dos últimos séculos. 

Para conhecer os precursores, grandes pintores surrealistas argentinos e outras personalidades emblemáticas contemporâneas, basta seguir com sua leitura!

Pintores argentinos: 2 artistas pioneiros da Argentina

Prilidiano Pueyrredón (1823-1870)

Prilidiano Pueyrredón foi um dos pioneiros da pintura na Argentina. Ao longo de sua carreira, criou mais de 200 obras. 

Suas telas apresentavam uma grande influência neoclássica e contavam com fortes características da arte acadêmica, como o rigor estético, o uso moderado da cores e a valorização do acabamento. 

Apesar de se tornar mais conhecido como retratista, Prilidiano Pueyrredón atingiu a sua maturidade artística ao produzir paisagens de sua terra. 

“El baño”, de 1865,  é um dos trabalhos mais famosos desse, que é um dos maiores pintores argentinos de todos os tempos. 

Crédito: Bellas Artes 

Eugenia Belín Sarmiento (1860-1952)

Extremamente habilidosa na arte do retrato, Eugenia Belín Sarmiento foi uma das primeiras mulheres da história de seu país a ganhar projeção internacional com sua arte. 

Além de retratos, produziu uma série de obras que enalteciam a flora e a fauna. Porém, ficou realmente conhecida por retratar o personagem de seu avô, um intelectual e político de renome, tanto em forma de pintura, como de escultura. 

Uma de suas mais emblemáticas pinturas foi feita em 1900 e recebeu o nome de seu avô: Domingo Faustino Sarmiento. 

pintores da argentina

Crédito: Wikipédia 

2 pintores surrealistas argentinos e suas obras surpreendentes

Xul Solar (1887-1963)

Considerado um dos maiores pintores argentinos do século XX, Xul Solar ficou bastante conhecido em seu país por dominar vários assuntos da esfera intelectual. 

Grande estudioso sobre as vanguardas europeias, seu trabalho combinou elevada técnica e criatividade incomparável. 

Em suas telas, é possível observar influências cubistas, fauvistas, futurísticas e expressionistas

Porém, a estética que realmente dominou seu trabalho foi a surrealista. Suas obras, comumente, contaram com elementos conhecidos como “fantásticos”, em que a imaginação e a experimentação foram elevadas para o mais alto grau. 

“Entierro”, de 1915, é uma de suas telas mais conhecidas. 

pintores surrealistas argentinos

Crédito: Wikipédia 

Antonio Berni (1905-1981)

Apesar de ser mais associado à estética figurativa e de ficar mundialmente famoso por realizar um trabalho fundamental dentro do movimento do novo realismo, visto que abordou, como poucos, o contexto social da pobreza e da injustiça de seu país, Antonio Berni também realizou um trabalho excepcional no surrealismo. 

Para tanto, esse, que é considerado um dos maiores artistas argentinos da história, explorou elementos do universo onírico em suas peças, apresentando associações inquietantes desse mundo. 

Entre suas pinturas de maior destaque, podemos citar “Juanito Laguna Remontando Un Barrilete”, de 1973. 

pintores surrealistas argentinos

Crédito: WikiArt 

Se você gosta de obras surrealistas, não pode deixar de conhecer as gravuras da Laart desse estilo! Clique aqui e confira!

3 pintores contemporâneos importantes dos séculos XX e XXI

Carybé (1911-1997)

Carybé, além de pintor, foi ilustrador e escultor. Apesar de ter nascido na Argentina, a sua alma e seu trabalho explodiam brasilidade, visto que, o artista explorou, como poucos, a cultura tupiniquim, principalmente a baiana. 

Com uma narrativa bem-humorada, as pinturas de Carybé ficaram famosas por seus traços figurativos e por abordarem temas como religiosidade, samba e capoeira. 

Sua peça “De Tardinha”, por exemplo, evoca bem essa representação popular. 

pintores argentinos contemporâneos

Crédito: Laart. Foto de Joca Meirelles

León Ferrari (1920- 2013)

León Ferrari foi não foi só um grande pintor, mas também um emblemático escultor e gravador argentino. 

De acordo com o The New York Times, o argentino, que morou no Brasil, foi um dos artistas plásticos mais importantes não só da Argentina e do Brasil, mas como do mundo. 

Para tanto, ele, que foi um dos precursores da arte cinética e da Op Art, desafiou os limites da arte, oferecendo experiências quase psicodélicas aos observadores de suas peças, tamanha genialidade que suas obras demonstraram em relação ao movimento e à luz. 

Sua estética também revelou forte influência da arte conceitual.

Suas peças podem ser encontradas tanto em museus ao redor do mundo, como em galerias de arte virtual, como é o caso da Laart. 

A gravura “Labirinto”, de 2010, é um bom exemplo. 

pintores argentinos

Crédito: Laart. Foto de Joca Meirelles 

Julio Le Parc (1928)

Nessa lista de pintores argentinos, jamais poderia faltar o nome de Julio Le Parc. Isso porque suas telas, esculturas e instalações não só surpreendem pela estética, mas também hipnotizam seus espectadores. 

Reconhecido internacionalmente como uma das principais personalidades artísticas da op art e da arte cinética, pela abordagem criativa da luz, movimento e cor, as obras de Julio Le Parc convidam o observador a participar e trazem uma visão diferente da sociedade e da arte. 

A obra, “Espace I”, presente no acervo da Laart, traz em cena os efeitos hipnóticos tão conhecidos no trabalho desse artista argentino. 

pintores argentinos

Crédito: Laart. Foto de Joca Meirelles 

Esperamos que você tenha gostado dessa lista de pintores argentinos! 

Você viu que os pintores da Argentina contemporâneos citados aqui têm obras no acervo da Laart, não é mesmo?

Porém, não foram só as mostradas neste artigo! Há várias outras gravuras de Carybé, Léon Ferrari e Julio Le Parc na galeria, além de muitas outras peças de artistas brasileiros e de outras personalidades fundamentais para a história da arte da América Latina. 

Todas são originais, assinadas e contam com certificado de autenticidade. 

 

Share with

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart
Não há produtos no carrinho.