Não há produtos no carrinho.
natureza morta no brasil

Natureza morta no Brasil: principais artistas e suas mais famosas peças

A natureza morta no Brasil conquistou olhares a partir do século XIX, quando o estilo começou a ficar amplamente conhecido em território nacional. Desse período em diante, hábeis artistas, por meio de suas pinceladas certeiras, deram novos significados às principais temáticas do gênero.  

Focados em enaltecer temas comuns, promovendo jogos de luz e sombra e destacando as cores com uma abordagem técnica, sensível e delicada, esses artistas criaram peças que marcaram a história e que, até hoje, são enaltecidas e aplaudidas por crítica e público. 

A natureza morta no Brasil também foi bastante abordada na fotografia. A partir do século XX, essas imagens contaram com a ajuda da tecnologia para serem expressas. 

Porém, apesar das técnicas inovadoras, as peças de natureza morta no Brasil da atualidade ainda carregam consigo os mesmos elementos e seguem a mesma proposta inicial.

Para compreender o que é natureza morta e conhecer as principais obras brasileiras do estilo, não desgrude deste texto!

O que á natureza morta?

A natureza morta é um estilo focado em retratar objetos inanimados, como frutas, verduras, livros, instrumentos e outros elementos do cotidiano. A maioria das pinturas do gênero traz a técnica óleo e a aquarela, e ele é bastante associado à arte barroca e à arte acadêmica. Porém, a arte moderna e a contemporânea também apresentam excelentes exemplos do estilo. 

Apesar de muitos enxergarem na natureza morta no Brasil e no mundo telas figurativas que retratam objetos simples do cotidiano, é válido ressaltar que muitas delas trazem mensagens ocultas e repletas de significados. 

Só para você ter uma ideia, os primeiros indícios desse gênero foram encontrados em cavernas da pré-história, o que mostra como a natureza morta foi essencial no aspecto da linguagem e da comunicação. 

Já na Idade Média, os artistas do período criticavam a igreja católica por meio de suas telas. 

Estudiosos afirmam que a disposição e a combinação dos objetos das telas não eram por acaso, visto que traziam um significado simbólico por trás delas. Não é à toa que muitos teólogos e representantes religiosos censurassem o gênero.

7 grandes obras de natureza morta no Brasil 

1. Mamão e Melancia – Agostinho da Mota 

Agostinho da Mota é considerado um dos primeiros e mais famosos pintores brasileiros do século XIX. 

Bastante interessado em oferecer uma arte genuinamente brasileira, o pintor e litógrafo elaborou uma série de peças de natureza morta, como é o caso de “Mamão e Melancia”, de 1860. 

o que é natureza morta

Crédito: Enciclopédia Itaú Cultural 

2. Romãs- Estêvão Silva 

Considerado um dos mais conhecidos pintores de natureza morta, Estêvão Silva também é famoso por ser o primeiro negro a ganhar destaque pela Academia Imperial de Belas Artes. 

Com um estilo único e talento inegável, ele pintou várias telas do estilo, como “Romãs”, de 1891. 

Crédito: Enciclopédia Itaú Cultural 

3. Natureza morta com relógios – Tarsila do Amaral

Tarsila do Amaral dispensa apresentações, não é mesmo? Afinal, essa antropofágica e modernista artista é a mais conhecida personalidade brasileira artística do mundo. 

Uma de suas peças mais icônicas de natureza morta é “Natureza morta com Relógios”, de 1923. 

Trazendo à tona o cubismo e a forte presença de cores, a pintura exibe relógios e livros, elementos do cotidiano bastante abordados do gênero. 

Crédito: Enciclopédia Itaú Cultural 

4. Natureza morta – Di Cavalcanti

Outro pintor modernista aclamado em terras tupiniquins e influenciado pelo cubismo de Pablo Picasso foi Di Cavalcanti, que também pintou obras de natureza morta emblemáticas, aliando criatividade e talento. 

Uma delas é “Natureza Morta”, de 1968, uma pintura feita em óleo sobre tela. 

Crédito: Pinterest 

Aproveite e confira: Quem foi Di Cavalcanti? Biografia e obras do ícone modernista.

5. Casario – Aldo Bonadei 

Gravador, pintor, poeta e designer, Aldo Bonadei foi um dos representantes mais importantes do Grupo Santa Helena e também um dos nomes mais conhecidos da natureza morta no Brasil. 

Entre as temáticas mais exploradas do artista dentro desse gênero, podemos destacar os casarios. Uma dessas peças, elaborada em 1971, faz parte do acervo da Laart. 

natureza morta no brasil

Crédito: Laart. Foto de Joca Meirelles 

6. Vaso de Flores – Aldemir Martins 

Aldemir Martins foi um artista cearense que alcançou a fama não só no Brasil, mas que também obteve grande reconhecimento no exterior. 

Conhecido por suas telas coloridas, o artista autodidata explorou, com constância, os temas de vasos e de frutas em sua estética. 

“Vaso de Flores”, de 1985, é uma delas, e também faz parte do acervo da Laart. 

Crédito: Laart. Foto de Joca Meirelles 

7. Berinjelas, ETC III – Carlos Scliar 

Outro artista brasileiro que conquistou sucesso absoluto tanto em território nacional como no estrangeiro foi Carlos Scliar. 

Apesar de seu trabalho abstrato ser o mais conhecido, ele elaborou peças de natureza morta bastante importantes em sua carreira, como  “Berinjelas, ETC III”, também disponível na Laart. 

natureza morta no brasil

Crédito: Laart. Foto de Joca Meirelles 

Gostou de conhecer as principais obras de natureza morta no Brasil? Qual delas foi a sua preferida? Conte para a gente!

Ter uma peça desse estilo em casa ou ateliê é símbolo de bom gosto. Para comprar uma obra original desse gênero, você não precisa pesquisar muito. Afinal, a Laart traz uma série de gravuras exclusivas do estilo. 

Se interessou? Então, clique aqui e confira qual gravura faz mais sua cabeça. Lembrando que todas as peças da Laart são de tiragem limitada e têm certificado de autenticidade!

 

Compartilhar com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *