pintores espanhóis

8 pintores espanhóis: lista com os mais famosos da história 

O cenário artístico, felizmente, conta com uma série de personalidades que contribuíram para a história ao desenvolverem técnicas, apresentarem narrativas diferenciadas e por serem precursores de estilos e, assim, ditarem tendências e vanguardas. Entre eles, podemos citar os grandes pintores espanhóis. 

Para conhecer essa lista completa com os mais famosos pintores espanhóis de todos os tempos e conhecer suas obras-primas, basta seguir com sua leitura!

3 grandes pintores espanhóis: os precursores e suas trajetórias 

Francisco de Zurbarán (1598-1664)

Abrindo essa seleção especial de artistas espanhóis, está Francisco de Zurbarán, um pintor que ficou conhecido não só na Espanha como em toda a Europa por retratar, de forma sublime, as principais cenas religiosas e de natureza morta do século XVI. 

Bastante focado na técnica óleo sobre tela, no começo, o seu trabalho trazia mais elementos do estilo barroco e forte influência estética do brilhante Caravaggio. 

Aos poucos, suas peças começaram a tomar outro rumo e, dessa forma, a partir de sua segunda fase, espelharam características do maneirismo italiano. Assim, seus retratos passaram a não ser mais tão figurativos e suas pinturas trouxeram à tona formatos mais alongados. 

Porém, os temas religiosos, principalmente os relacionados com a vida de Jesus Cristo, continuaram a se manter presentes. 

De 1626, “Cristo em la Cruz”, é considerada uma de suas maiores obras-primas. 

grandes pintores espanhóis

Crédito: Wikimedia 

Diego Velázquez (1599-1660)

O talento e a importância de Diego Velásquez para a história são imensuráveis. Afinal, seu trabalho guiou os de vários outros artistas célebres, como o do impressionista francês Édouard Manet, que o chamava de “pintor dos pintores”. 

Conhecido por uma estética única e considerado um dos maiores nomes do barroco europeu, Diego Velázquez foi o pintor oficial da corte de Felipe IV da Espanha, uma escolha que não aconteceu por acaso. Afinal, retratar a nobreza era para poucos. 

Além de um realismo praticamente inédito para a época, as obras do artista mostravam contrastes e jogos de luz e sombra, que chamavam a atenção pela riqueza de detalhes. 

Entre seus trabalhos mais famosos, podemos citar “As Meninas”, de 1656.

grandes pintores espanhóis

Crédito: Wikipédia 

Francisco de Goya (1746- 1828)

Outro nome que jamais poderia faltar nessa lista de pintores espanhóis é: Francisco de Goya. Além de ter sido um exímio pintor, ele foi uma figura emblemática para a arte em gravura, tendo produzido uma série famosa chamada “Os Caprichos”, com mais de 80 telas, feitas em água-tinta. 

Ele também foi um pintor da corte e, assim, retratou não só as cenas cotidianas da realeza, como os horrores da guerra e as angústias humanas

Foi um membro importante da Academia de Belas Artes de Madri e criou pinturas e gravuras que, até hoje, são aclamadas por público e crítica.

De 1780, “A maja nua”, é um de seus quadros mais conhecidos. 

pintores espanhóis famosos

Crédito: Wikipédia 

3 pintores espanhóis: os mais famosos do século XX

Pablo Picasso (1881-1973)

Talvez Pablo Picasso não seja um dos pintores espanhóis mais famosos dessa seleção, mas sim “o mais famoso”. Afinal, além de ter inspirado vários artistas espanhóis e outras personalidades ao redor do globo e de ser uma referência no cenário artístico até hoje, ele fundou, junto com o francês Georges Braque, o cubismo, um dos movimentos mais relevantes de todos os tempos. 

Como uma versatilidade técnica inigualável e uma produção artística que não só contou com pinturas, mas também com cerâmicas, esculturas, cenografias e poemas, o artista produziu milhares de peças ao longo de sua carreira. 

Assim, ele protagonizou e fundou correntes que marcaram a história, tanto o cubismo como a nova figuração. 

Para isso, sua criatividade foi levada até o último grau, uma vez que ele adotou diferentes técnicas, como a colagem, e trouxe narrativas aclamadas,  como “a fase azul” e a “fase rosa”. Assim, transitou, de maneira genial, pelo lirismo poético e pelas obras sistematicamente geométricas. 

De 1937, “Guernica” é um de seus trabalhos mais famosos. 

pintores espanhóis famosos

Crédito: Wikipédia 

Joan Miró (1893-1983)

Joan Miró foi um dos grandes nomes do surrealismo espanhol. Com peças aparentemente simples, mas que evocavam poesia e traziam à tona elementos imaginativos, seu trabalho contou também com fortes doses de abstração, assim como apresentou formas equilibradas, muitas cores, e uma inovação de cair o queixo

Entre suas principais peças, podemos citar sua tela “Carnaval do Arlequim”, de 1925. 

artistas espanhóis

Crédito: Wahoo Art

Salvador Dalí (1904-1989)

Talvez o mais irreverente e performático dos pintores espanhóis dessa lista seja o brilhante Salvador Dalí. 

Dono de uma personalidade ousada e excêntrica, Salvador Dalí explorou o mundo dos sonhos como poucos artistas conseguiram. 

Com um trabalho que surpreende até os mais leigos pela elevada qualidade plástica, Salvador Dalí é, merecidamente, considerado um dos maiores mestres do surrealismo da história. 

De 1931, “A Persistência da Memória”, certamente,  é uma das suas peças mais conhecidas. 

pintores espanhóis

Crédito: Cultura Genial 

2 grandes pintores espanhóis contemporâneos

Antoni Tàpies (1923-2012)

Considerado um dos mais icônicos artistas do século XX, Antoni Tàpies foi um pintor espanhol de estética surrealista, abstrata e, posteriormente, baseada no informalismo europeu , cujas peças eram dominadas por questões essencialistas. 

De 1968, a peça “Journal” é uma de suas telas de maior destaque. 

pintores espanhóis contemporâneos

Crédito: WikiArt 

Miquel Barceló (1957)

Outro nome que tinha que aparecer nessa lista de pintores espanhóis contemporâneos é o de Miquel Barceló. 

Bastante influenciado pelos estilos de Joan Miró e de Diego Velázquez, a busca incansável pelo significado da pintura e pelos estudos relacionados à materialidade fizeram com que o trabalho abstrato e conceitual desse grande artista se ressignificasse e se transformasse ao longo de sua trajetória. 

De 1987, “Two Poles” é uma de suas peças mais importantes. 

pintores espanhóis contemporâneos

Crédito: Museo Reina Sofia 

O que você achou dessa lista de pintores espanhóis famosos? Alguma dessas obras você colocaria em sua parede? Conta para a gente!

Caso queira valorizar a arte em sua decoração, você pode, também, contar com uma gravura da Laart. 

A Laart é uma galeria de arte online que traz, em seu acervo, mais de 15.000 obras dos mais importantes artistas brasileiros e latino-americanos. Curioso em conhecê-las? É só clicar aqui!

Share with

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart
Não há produtos no carrinho.