o que é arte contemporânea

O que é arte contemporânea: os principais artistas e movimentos do período

A arte contemporânea não tem um registro inicial certeiro. Isto é, não existe um consenso entre os estudiosos que determinem seu começo. Porém, pode-se dizer que essa tendência artística tenha começado no período pós-guerra, na década de 1950, e continua até hoje. 

Dessa forma, essa corrente também é conhecida como “arte do pós-guerra” e, por surgir propondo uma ruptura com a arte moderna, é denominada, também, de “arte pós-moderna”.

Afinal, o que é arte contemporânea? Quais são seus principais artistas e obras? Leia o post até o fim e descubra tudo isso!

O que é arte contemporânea?

Em um sentido generalista, a arte contemporânea se refere a toda produção artística da atualidade, como pintura, dança, escultura, fotografia e performance na arte.

Nesse cenário, esse estilo propõe uma releitura do que é arte, por meio de novas técnicas e pensamentos. Desse modo, desconecta-se dos padrões artísticos anteriores.

Subjetiva, inovadora e original, essa corrente não tem como proposta analisar a obra de maneira direta. Pelo contrário, esse estilo valoriza tanto a obra como a percepção do artista ao criá-la, a sua integração com seu trabalho e o seu processo criativo.

Quer entender melhor o que é arte contemporânea? Então, assista ao vídeo abaixo.

Continue lendo e conheça o contexto histórico, os principais artistas e as obras da arte contemporânea.

O que é arte contemporânea: contexto histórico

Após a Segunda Guerra Mundial, na década de 1950, o mundo vivenciou um período intenso, caracterizado pela globalização, avanço tecnológico e pelo desenvolvimento de novas mídias.

De forma simplificada, esse estilo surgiu em um período em que o mundo e a cena artística transitavam da era industrial (moderna), baseada no consumo, para a era da comunicação e da digitalidade, caracterizada pela informação e diálogo.

Esse panorama deu origem a uma nova mentalidade, que buscou romper com padrões preestabelecidos e valorizar a ação do inconsciente no processo criativo, entre outras linhas de pensamento menos ortodoxas. Logo, a arte contemporânea despontou explorando novas linguagens, técnicas e experimentações.

Em outras palavras, esse estilo prestigia a atitude do artista. Logo, prioriza a sua liberdade criativa e não o objeto artístico final. Esse processo acontece de forma profunda. Afinal, além de focar na experimentação da produção artística, também promove a reflexão e o rompimento de paradigmas.

Nesse contexto, é fundamental destacar a liberdade do artista da arte contemporânea. Isso porque, durante séculos, a arte foi atrelada às vontades da Igreja, da sociedade ou do governo. Ou seja, o artista não exercia seu papel com autonomia.  

Nesse cenário, a arte contemporânea surgiu como uma espécie de libertação. Afinal, esse estilo promove a liberdade de criação de modo intenso, sem amarras ou censura.

Essa manifestação artística não apresenta um estilo único, mas vários, como o minimalismo, a arte conceitual, a pop art, a arte efêmera, a arte de rua e a performance artística.

Arte contemporânea: características

A arte contemporânea apresenta algumas características particulares. São elas:

  • a subjetividade e a abstração;
  • a união de várias correntes artísticas;
  • o desvinculo com padrões preestabelecidos;
  • a interação da obra com o espectador;
  • a forte reflexão e questionamento;
  • a utilização de diferentes materiais;
  • a liberdade artística;
  • o uso de tecnologia e novas mídias;
  • o caráter efêmero da arte.

Arte contemporânea e seus estilos de vanguarda

Esse estilo está intimamente ligado à comunicação e ao experimento. Logo, fazem parte dessa corrente algumas expressões de vanguarda importantes, como:

1. Pop Art

Surgida no fim da década de 1950, a pop art pode ser definida pelo retrato e interpretação de seus artistas em relação à cultura popular e de massa.

Provocativa e nada óbvia, a pop art contou com artistas de vanguarda como Andy Warhol e Roy Lichtenstein, e influenciou outros campos, como a moda e o grafismo.

arte contemporânea obras

Crédito: Invaluable

A Laart traz em seu acervo gravuras icônicas dessa corrente. Clique aqui e confira.

2. Fotorrealismo

O fotorrealismo surgiu entre as décadas de 1960 e 1970 e teve como principal proposta replicar a fotografia do modo mais realista, exato e preciso para a pintura.

Entre os artistas desse estilo, Chuck Close e Gerhard Richter foram os seus representantes mais famosos.

obras de arte contemporânea

Crédito: Creative Bloq

3. Arte Conceitual

Surgida na década de 1960 e atingindo seu ápice na década seguinte, a arte conceitual é considerada uma arte contemporânea por apresentar um forte caráter experimental e por priorizar a ideia e a atitude do artista em detrimento da obra.

Os principais artistas dessa corrente foram Marcel Duchamp, Joseph Kosuth, Joseph Beuys, Robert Rauschenberg e Yves Klein, entre muitos outros.

arte contemporânea artistas

Crédito: Medium

Você sabia que a Laart tem em seu acervo várias gravuras de arte conceitual? Descubra quais são elas aqui.

4. Arte minimalista

O minimalismo teve seu início nos Estados Unidos. na década de 1960, e explorou o cenário artístico ao promover a utilização de mínimos recursos e poucas cores para a produção de suas obras.

Alguns representantes importantes desse estilo foram: Donald Judd, Frank Stella e Richard Serra, entre vários outros.

Crédito: The Art Story

4. Performance na arte

Baseada na abstração e com raízes conceitualistas, a performance na arte surgiu na década de 1960 e promove a interação do espectador com a obra.

Considerado um estilo artístico sem limites por desafiar, em muitos momentos, conceitos morais, a performance na arte muitas vezes tem como principal obra o próprio artista e valoriza a reflexão e mensagem da produção artística.

Artistas que aplicam o que é arte contemporânea dentro da arte performática são: Marina Abramović e Yoko Ono.

arte contemporânea características

 Crédito: Public Delivery

5. Arte de rua

Como um dos mais recentes movimentos dentro do que é arte contemporânea, a arte de rua é um gênero que ganhou destaque com o surgimento dos grafiteiros famosos na década de 1980. 

Promovendo a reflexão, o ativismo social e um olhar crítico sobre a sociedade, a arte de rua pode ser encontrada em diferentes campos, como murais e instalações.

o que é arte contemporânea

 Crédito: Wikipédia

Diante desses exemplos importantes de estilos artísticos, é possível entender melhor o que é arte contemporânea, não é mesmo? Que tendência artística interessante e repleta de obras únicas!

Sabe o que também é muito interessante? O acervo da Laart!  

A Laart é uma galeria de arte online especializada na venda de obras em gravuras originais, assinadas e de série com tiragem limitada de importantes artistas brasileiros e latino-americanos.

Todas as obras vêm com certificado de autenticidade e você as recebe em casa com toda a segurança de comprar no marketplace mais importante do mundo da arte. Clique aqui e tenha acesso às mais incríveis gravuras.

Share with

Comments

  • Muito importante ajuda muito a todos

    Matheus de Souza paia
    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart
Não há produtos no carrinho.