Não há produtos no carrinho.
hachuras no desenho

Hachuras no desenho: o que são, quais são seus tipos e principais técnicas?

Quem nunca se encantou com o sombreado de uma ilustração ou de um quadrinho que atire a primeira pedra! Afinal, esse efeito, que é produzido por meio de hachuras no desenho, chama a atenção por sua técnica e beleza. 

Mais antigas do que você pode imaginar, as primeiras tentativas de hachuras no desenho foram ensaiadas na pré-história, quando o homem, para se comunicar, fazia esboços primitivos no interior das cavernas.  

Porém, essa técnica eclodiu, de fato, só na Idade Média, atingindo o seu auge no século XV, e não se limitou ao desenho artístico, pois também foi importante na arte em gravura, principalmente para a xilogravura e na gravura em metal, com as técnicas de ponta seca e água forte. 

O grande mestre da gravura e conhecido como um de seus precursores, o talentoso Albrecht Dürer, não só fez uso das hachuras como aperfeiçoou essa técnica.

o que são hachuras?

Veronica, de Albrecht Dürer. Crédito: Wikipédia 

Assim, as hachuras no desenho foram conquistando adeptos no decorrer do tempo, sendo bastante utilizadas na época da renascença e, pouco tempo depois, no barroco. Nesse período, o memorável Rembrandt produziu hachuras no desenho de modo revolucionário.

Autorretrato, de Rembrandt. Crédito: Wikimedia

Então, a partir do século XX,  as hachuras também começaram a fazer parte do cotidiano de famosos cartunistas. 

Para entender o que são hachuras, saber como fazer hachuras em um desenho e conhecer tipos e técnicas de hachuras, basta ler este post até o fim! Boa leitura!

Afinal, o que são hachuras?

As hachuras nada mais são do uma técnica artística utilizada principalmente no desenho que origina efeitos sombreados e de tons em uma imagem. Para isso, o artista produz pequenos rabiscos utilizando linhas paralelas próximas. 

Nesse contexto, é essencial destacar que as hachuras no desenho têm como proposta produzir um desenho linear no qual, tanto os espaços das linhas rabiscadas como a espessura e qualidade entre elas acompanhem as formas do desenho e que produzam o efeito sombreado. 

O mesmo acontece quando essa técnica quer retratar e destacar tons específicos. Por exemplo, para dar origem a um desenho figurativo que convença por sua imagem realista, as linhas podem ser traçadas com um verde produzido por duas camadas fortes e pelo amarelo esboçado por linhas mais tênues e mais espaçadas. 

Ou seja, as hachuras no desenho também atuam para simular sombras a partir de traços finos e grossos. 

Como fazer hachuras no desenho? 

A primeira coisa que você precisa saber para fazer hachuras no desenho é: não existe uma caneta ou outra ferramenta ideal para aplicar essa técnica, assim como ela também não conta com um estilo certo. Ou seja, relaxe quanto a isso! 

Para se inspirar e ir aprendendo, caso ainda não tenha encontrado o seu próprio estilo, é interessante buscar na internet por referências de artistas que apliquem tipos de hachuras no desenho de um jeito que você curta. 

Porém, é claro que é importante que você já tenha uma noção sobre alguns aspectos, como luz e sombra. Mas não se desespere! O básico já basta. 

Crédito: Unsplash

Principais técnicas de hachuras 

Confira, agora, as principais técnicas de hachuras.

1. Brinque com os espaços entre as linhas 

O primeiro passo para saber como fazer hachuras no desenho é que os traços não precisam ser elaborados com um espaçamento padrão. Nesse sentido, é válido saber que quanto mais próximos você fizer esses traços, mais escuros eles parecerão. 

hachura no desenho - espaçamento

Crédito: @fire.my.soul

A mesma percepção você terá com as canetas. Ou seja, se utilizar uma caneta com espessura mais grossa, o desenho ficará mais escuro, já a caneta mais fina apresentará o efeito inverso. 

2. Cruze as linhas e varie as quantidades de traços

Para dar o efeito mais escuro, você pode, também, cruzar as linhas. Porém, caso esteja começando, as hachuras no desenho feitas em uma direção só serão mais fáceis de desenhar. 

hachura no desenho - linhas cruzadas

Crédito: @fire.my.soul

A quantidade e o tipo de hachuras irão depender tanto de seu estilo como da cena que deseja evidenciar. 

Por exemplo, se quiser criar uma cena noturna, para gerar esse efeito mais escuro, é interessante que você faça várias linhas em sentidos diferentes. Porém, caso seja um artista iniciante, uma dica é: pegue leve na quantidade, pois a possibilidade de errar é maior.

3. Treine o contorno

O contorno configura um tipo de hachura um pouco mais avançada. Isso porque essa técnica não é composta por linhas paralelas, mas sim por traços que acompanham a figura. 

Treinar essa técnica é importante porque ela aprimora muito o senso de volume do desenho e dá a ele um efeito de tridimensionalidade. 

Nesse sentido, é importante se atentar ao uso de canetas, por exemplo, as canetas nanquim possibilitam que você faça traços uniformes, o que facilita o contorno. 

Para entender como aplicar essa técnica de hachura, na prática, assista ao vídeo abaixo (com legendas em português): 

4. Misture as direções 

Para gerar um efeito um pouco mais complexo, em vez de criar só uma sequência de linhas em uma direção, você pode acrescentar a esse conjunto um grupo de hachuras em uma direção perpendicular a ela. 

hachura no desenho - sentidos diferentes

Crédito: @fire.my.soul

No entanto, como deve imaginar, esse tipo de hachura exige treino. Ou seja, provavelmente, o desenho não sairá perfeito logo de primeira, mas não desista, continue tentando!

5. Crie densidade

Para criar um efeito de densidade, uma boa técnica de hachura é traçar linhas paralelas curtas e grossas. Assim, você pode aglomerá-las e, logo, gerar o efeito desejado. 

hachura no desenho - densidade

Crédito: @fire.my.soul

Para aplicar esse tipo de hachura, uma boa dica é utilizar uma caneta de ponta mais grossa. 

Gostou de conhecer diferentes técnicas e tipos de hachuras? Faz tempo que tem interesse por desenho artístico? Compartilhe sua opinião com a gente nos comentários abaixo!

Aliás, uma boa dica para você que gosta de aprender sobre arte é: acompanhe os textos do nosso blog e também siga o Instagram da Laart para se manter sempre atualizado! 

Crédito da foto de capa: Unsplash 

Compartilhar com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *