gonçalo ivo

Quem é Gonçalo Ivo: biografia, exposições, obras e técnicas aplicadas

Gonçalo Ivo é um artista, arquiteto e escritor nascido no Rio de Janeiro, em 1958. Por ser filho do poeta e jornalista Lêdo Ivo e da professora Maria Leda de Medeiros Ivo, colecionadores e amantes da arte, desde jovem teve contato com a elite intelectual do Rio de Janeiro.

Biografia de Gonçalo Ivo

Ainda na infância, Gonçalo Ivo conheceu e acompanhou de perto o desenvolvimento de artistas como Iberê Camargo e de escritores como João Cabral de Mello Neto, Rubem Braga e Manuel Bandeira. Tais influências viriam a desempenhar um papel fundamental em sua formação e referências artísticas.

Desde a adolescência, Gonçalo Ivo já mostrava sinais de sua predileção pelas artes plásticas. Passou a frequentar os ateliês de importantes artistas como Abelardo Zaluar e Iberê Camargo, onde teve suas primeiras aulas de desenho de observação

Mais adiante, ingressou na Universidade Federal Fluminense, em Niterói, no curso de Arquitetura e Urbanismo. Ao mesmo tempo, passou a fazer aulas de desenho e pintura no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, ministradas por grandes nomes da produção de artes visuais da época, Sérgio Campos Mello e Aluísio Carvão.

Exposições e obras de Gonçalo Ivo 

No fim da década de 1970, as obras de Gonçalo Ivo começam a ser expostas: ele participa do 1º Salão Nacional de Artes Plásticas do Ministério da Educação e Cultura (e viria a expor também em suas seguintes edições) e, um ano depois, seu trabalho é selecionado para uma exposição itinerante de artistas brasileiros e japoneses. 

Em 1980 realiza sua primeira exposição individual, no Museu Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro. 

A exposição é composta por pinturas, desenhos e aquarelas, e recebe atenção positiva da crítica. 

Dois anos depois, inaugura sua segunda exposição individual, mais voltada para a técnica de aquarela, com quadros como A Mesa do Pintor, a Paisagem Vulgar e Outros Assuntos.

Se forma em 1983 e passa a trabalhar para as editoras Global (em São Paulo) e Record (no Rio de Janeiro) como ilustrador e designer gráfico.

No ano seguinte, Gonçalo Ivo participa da exposição coletiva “Como Vai Você, Geração 80?”, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, composta por 123 artistas que comemoravam a insurgência de uma nova geração e de um novo Brasil, o da retomada da democracia.

Gonçalo Ivo, no entanto, não se sentia completamente inserido no movimento da nova geração por produzir obras figurativas, que destoavam da abstração que os outros artistas propunham. Esse sentimento de despertencimento o fez buscar arte para além das barreiras geográficas do Rio de Janeiro. 

Ivo passa, então, a fazer viagens pelo Nordeste brasileiro, América Latina e Europa, no intuito de frequentar museus, observar a arte e a arquitetura vernacular e pesquisar a natureza. 

Alguns anos depois, abre dois ateliês: um na Rua Áurea, em Santa Teresa, e o outro em Teresópolis, onde mora o artista. 

Ao mesmo tempo, é convidado a lecionar pintura na Universidade Federal do Rio de Janeiro por seis meses. 

O artista plástico Gonçalo Ivo tem sua obra articulada a partir de 3 elementos

  • a geometria; 
  • a cor; 
  • o processo de criação. 

A estética utilizada nos quadros de Gonçalo Ivo tem grande influência dos artistas com quem seu pai convivia ou cujas obras sua família possuía em coleção particular, como Alfredo Volpi, Lygia Clark e Iberê Camargo

Ivo transpõe os limites de superfície presentes no trabalho desses artistas, levando suas experimentações geométricas para seus projetos em arquitetura e urbanismo.

quadros de gonçalo ivo

Composição III. Créditos: Laart – Foto de Joca Meirelles

Em sua obra artística, a geometria se organiza de forma imprecisa, os elementos se arranjam de maneira imperfeita no intuito de se aproximar de uma representação paisagística

Para enfatizar a sua estética, o artista utiliza elementos inusitados, como pigmentos desenvolvidos por ele mesmo como parte da investigação intuitiva da obra, e objetos como pregos e azulejos.

obras de gonçalo ivo

Crédito: Arte na Escola

Um importante momento em sua evolução artística se dá quando Gonçalo Ivo passa a pesquisar, em suas viagens na década de 1990, a pintura primitiva do Brasil, da África e da Oceania.

A partir desse estudo cria as séries Panos da Costa, Tissu d’Afrique e Prière, marcadas pela repetição de padrões e de elementos, além da utilização de novos materiais, como papéis estampados e outros folheados de ouro.

gonçalo ivo artista plástico

Crédito: Catálogo das Artes

Em 2000, Gonçalo Ivo se muda com a família do Rio de Janeiro para o interior da França e, mais tarde, para Paris. Hoje em dia alterna entre seu ateliê em Paris, sua casa em Madrid e a casa e ateliê de sua família na serra de Teresópolis. 

Suas obras podem ser vistas em acervos em São Paulo, no Museu de Arte Contemporânea e na Pinacoteca, e no Rio de Janeiro, no Museu Nacional de Belas Artes.

Além de suas obras coloridas, Gonçalo Ivo também criou gravuras em preto e branco trabalhando a geometria.

gonçalo ivo biografia

Álbum Preto X. Créditos: Laart. Fotos de Joca Meirelles

Já pensou em ter uma gravura desse grande artista na sua casa? A galeria de arte online Laart possui um acervo com gravuras originais de Gonçalo Ivo, todas com certificado de autenticidade. Visite nosso site e conheça outras obras. Enviamos com segurança para o conforto de seu lar.

Crédito da foto de capa: O Globo 

Share with

There are no comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart
Não há produtos no carrinho.