Não há produtos no carrinho.
sérvulo esmeraldo

Sérvulo Esmeraldo: biografia e obras do criador da série Excitáveis

No decorrer da história, alguns artistas se destacam por apresentarem trabalhos singulares. Sérvulo Esmeraldo foi um deles. Afinal, compôs obras emblemáticas que combinavam arte, geometria e experimento social. Considerado um dos precursores da arte cinética no Brasil, o artista hipnotizou seu público e encantou a crítica.

Quer conhecer a biografia e obras de Sérvulo Esmeraldo? É só ler este post até o fim!

Biografia de Sérvulo Esmeraldo

Nascido no interior do Ceará, em 1929, Sérvulo Esmeraldo foi um artista plástico, escultor e gravador brasileiro fundamental para a história da arte brasileira. Afinal, conseguiu mesclar diferentes linguagens plásticas e expressá-las com brilhantismo em suas obras.

O seu despertar pela arte começou logo cedo. Isso porque o artista iniciou sua jornada artística ainda da década de 1940, ao estudar no ateliê livre da Sociedade Cearense de Artes Plásticas (SCAP), em Fortaleza. Lá demonstrou sólido interesse por xilogravura.

A partir de 1951, sua carreira começou a ganhar forma. Afinal, neste ano o cearense realizou exposições em diferentes lugares, tanto em sua terra natal como em São Paulo. No mesmo período, aliando talento e técnica, expôs sua primeira mostra individual no Museu de Arte Moderna de São Paulo. Também em São Paulo, o artista estudou arquitetura e, assim, explorou o universo da matemática e da ótica, assuntos que marcariam a sua trajetória artística.

Poucos anos depois, em 1955, o artista produziu ilustrações para diferentes revistas da capital paulista. Além disso, atuou como ilustrador no jornal Correio Paulistano. Dois anos depois, realizou uma nova exposição no Museu de Arte moderna de São Paulo, uma mostra que promoveu suas gravuras.

Seu trabalho começou a chamar a atenção por seu refinamento e elevada qualidade. Então, como resultado de um processo natural, ele ganhou uma bolsa do governo francês para estudar em Paris. Lá, aprofundou suas técnicas de gravura.

É fã de biografias? Então, não deixe de ler: “Victor Vasarely: conheça a biografia e as maiores obras do Pai da Op Art”.

Sérvulo Esmeraldo e a arte cinética

Já na década de 1960, Sérvulo Esmeraldo teve contato com ícones da arte cinética, como o argentino Julio Le Parc. Logo, deixou de se dedicar exclusivamente às gravuras para compor um trabalho mais plural, utilizando diferentes tipos de linguagens artísticas. A arte cinética foi uma delas. Assim, apaixonou-se pelo caráter hipnotizante e tridimensional dessa linguagem. Logo, produziu trabalhos cheios de geometria e que causavam ilusão de movimento.

Foi no ano de 1962 que o cearense elaborou suas primeiras obras de arte cinética. Dois anos depois, criou seu trabalho mais contundente: “Excitáveis”, uma série de pequenas peças de acrílico que se movimentavam e respondiam de acordo com o toque do público.

Essa produção tornou o artista conhecido por todo a Europa. Afinal, foi um trabalho inédito e inventivo em termos de arte cinética. Sobre essa série, a crítica e pesquisadora Jaqueline Medeiros fez a seguinte afirmação para o jornal Correio Braziliense:

“A obra exigia participação maior do espectador do que as obras dos outros artistas. Os outros usavam elementos mecânicos para acionar as obras, o público tinha que apertar um botão, na obra do Sérvulo, não. Pouca gente fazia aquela espécie de precariedade criativa”.

Leia também:

O trabalho de Sérvulo Esmeraldo

Vale destacar que o trabalho de Sérvulo Esmeraldo, apesar de mesclar linhas diferentes, sempre mostrou coesão. Utilizando a geometria e o amor pela matemática, a sua produção destacou-se tanto por sua natureza geométrica como por seu caráter fluido.

Além de compor peças de arte cinética e concreta, Sérvulo Esmeraldo produziu diversas esculturas públicas. Exigente, perfeccionista e metódico, o cearense dava atenção a cada detalhe de suas peças, acompanhando não só a elaboração, como a montagem de suas esculturas. Tanto talento e dedicação não passaram despercebidos. Afinal, o artista recebeu em 1983 um prêmio como melhor escultor do ano.

sérvulo esmeraldo biografia

Crédito: Ambientes Ceará

Durante sua carreira, o artista participou de diversas exposições. Em 2011, a Pinacoteca do Estado de São Paulo fez uma retrospectiva de seu trabalho. Um ano depois, na galeria Raquel Arnaud, aconteceu a mostra “Simples Como o Triângulo”.

O seu trabalho foi tão intenso, emblemático e singular que encantou diversas audiências, despertou o interesse da mídia e surpreendeu a crítica nacional e internacional. Com genialidade e maestria, ele se despediu da vida e da arte aos 87 anos, em 2017. No entanto, a sua trajetória e trabalho permanecerão para sempre na memória de seus admiradores.

Obras de Sérvulo Esmeraldo

Confira agora algumas obras de Sérvulo Esmeraldo:

1. Femme Bateau

sérvulo esmeraldo obras

Crédito: Laart. Foto de Joca Meirelles

Feita em serigrafia, esta gravura está no acervo da Laart! Clique aqui e saiba mais. 

2. IV v2

sérvulo esmeraldo obras

Crédito: Laart. Foto de Joca Meirelles

Esta gravura também está no acervo da galeria. Saiba mais aqui

3. Oscar

oscar sérvulo esmeraldo

Crédito: Laart. Foto de Joca Meirelles

Conheça, em detalhes, essa gravura aqui.

4. Roldana

roldana sérvulo esmeraldo

Crédito: Laart. Foto de Joca Meirelles

Essa incrível peça também está no acervo da Laart. Saiba tudo sobre ela aqui.

Sensacional a produção artística de Sérvulo Esmeraldo, não é mesmo? O que você achou deste conteúdo? Caso tenha gostado, que tal compartilhá-lo em suas redes sociais?

A Laart, uma galeria de arte virtual, foi criada com o propósito de valorizar o trabalho de artistas latino-americanos. Contando com mais de 15.000 gravuras em seu acervo, a Laart promove o acesso à arte, por meio de peças únicas e exclusivas.

Todas as gravuras possuem tiragem limitada e contam com certificado de autenticidade. Ideal tanto para quem coleciona como para quem admira arte, a galeria possui gravuras dos mais variados estilos, técnicas e artistas, inclusive de Sérvulo Esmeraldo! Clique aqui e conheça as peças desse célebre artista.

 

Crédito da foto de capa: New City Brasil

Compartilhar com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *